terça-feira, 30 de novembro de 2010

Como surgiu Papai Noel? E a tradição de presentear?

Está chegando o Natal. Tempo de nos reunir com a família, de montar nossa árvore, de levar nossos filhos para ver o Papai Noel no shopping, de comprar presentes para o amigo oculto... Bem, lentamente estamos esquecendo o verdadeiro sentido do Natal. 
Mas afinal por que nos presenteamos? Como nasceu o Papai Noel?
Estes fatos estão interligados.
Quem começou este costume de presentear foi um bispo católico, de uma época de mil e setecentos anos átras, seu nome era Nicolau, hoje chamado São Nicolau. 
Os pais de Nicolau, morreram na época por perseguição, pois acreditavam em Jesus Cristo. Herdeiro de uma grande herança e sendo perseguido constantemente, Nicolau dedicou sua vida para pregar a palavra cristã e de ajudar os mais necessitados. 
Um dia ficou sabendo que um pai de família estava muito individado, não tinha dinheiro, e teria que vender suas duas filhas para pagar sua divida.  O pai, que era politeísta, ficou rezando para que seus deuses lhe ajudasse. Nicolau comovido com a situação do homem foi socorrer o pobre desamparado.
Na madrugada do dia 25 subiu no seu telhado e jogou uma boa quantia de dinheiro pela chaminé. O sujeito ouvindo a movimentação no telhado foi logo verificar, e acusou Nicolau de ser um dos credores. Ele lhe acalmou e disse que aquilo era um presente. O homem começou a agradecer a seus deuses. Mas o bom homem interveio dizendo:  "Agradeça a Jesus Cristo, o filho do Deus Único. Hoje é o aniversário dele! Foi por causa dele que você recebeu este presente!" . O pai ficou super contente, e acabou se convertendo para o cristianismo.
A partir disso Nicolau começou a presentear todos os pobres daquela região. Os presentes eram acompanhados de bilhetes que explicavam o motivo daquele acontecimento: alegria por causa do aniversário de nascimento de Nosso Senhor Jesus Cristo e gratidão a Deus Pai por ter enviado seu Filho ao mundo. Por causa disso, muitos se converteram à fé cristã. 
Foi assim que nasceu a tradição de se presentear e a figura do Papai Noel


O problema foi que as empresas incentivaram e ampliaram a maneira consumista de pensar o Natal.  Assim as pessoas passaram a dar mais atenção aos presentes e a figura do bom velinho e esqueceram o sentido crucial dessa ocasião tão fantástica. O sentido do qual nos reunimos, nos presenteamos,  fazemos a ceia, unimos a familia e do qual São Nicolau semeou no coração de cada um: o nascimento de nosso salvador Jesus Cristo. 
Mas ainda há hoje empresas que se preocupam com este sentido, um exemplo delas é o Sobrado, que promoveu um concurso de presépios entre suas alunas. 
Foram 5 participantes, cada uma criou um presépio artesanalmente, e colocaram em disputa. A vencedora ganhou 50 reais para serem gastos em tinta ou em qualquer artigo de nossa loja e curso gratis por 3 meses, no ano de 2011. E todas as participantes ganharam 2 aulas avulsas para o mês de fevereiro do ano que vem.
Com todo o entusiasmo das participantes, foi possível perceber que o verdadeiro Natal pode nascer nos corações de todos, com pequenas ações como essa. 

Esse foi o grande vencedor
E aqui está a verdadeira figura do Natal: o presépio! E para você, qual é o melhor? 
O Sobrado também disponibiliza à venda, diversos presépios para você que acredita, como nós, no Natal do nascimento.              

4 comentários:

  1. PARABENIZÁ-LOS É MUITO POUCO DIANTE DAS MARAVILHAS QUE VOCEIS NOS PROPORCIONAM NÃO SÓ NO ARTESANATO MAS TAMBÉM NA CONSCIENTIZAÇÃO AOS PEQUENOS E AOS ADULTOS TAMBÉM,PORQUE NÃO AO APRENDIZADO DO RESPEITO QUE DEVEMOS TER AOS MAIS VELHOS E O QUANTO TEMOS PARA APRENDER COM CADA UM DELES.
    DEUS ABENÇÕE CADA UM DE VOCEIS.
    UM GRANDE BEIJO A TODOS
    LUCIENE

    ResponderExcluir
  2. Lindos os presepios! Porém gostei mais do ultimo
    que foi o vencedor.
    Parabéns a todos vcs.
    Beijo

    ResponderExcluir